O de Orentano será um ginásio verde. A poupança de energia está, de facto, no centro das intervenções iniciadas nos dias de hoje nas instalações desportivas adjacentes à escola, no município de Castelfranco Di Sotto.
Enquanto a última campainha tocou, as obras de eficiência energética já anunciadas quando o município obteve financiamento da região da Toscana (através do chamado regional por Fesr 2014-2020) começou.
As intervenções no ginásio orentano incluem: a construção de uma camada térmica, a renovação do telhado com isolamento, a remodelação da Central Térmica, a construção de um sistema fotovoltaico e solar-térmico.

Foram financiados 618 mil euros para as obras no ginásio, dos quais a região financiará 60%, cerca de 257 mil euros. A parte restante será coberta com uma parte da conta térmica Gse (contribuição nacional que incentiva intervenções para o aumento da eficiência energética e a produção de energia térmica a partir de fontes renováveis) e com uma parte paga pela Toscana Energia Verde. O município de Castelfranco contribuirá com 180 mil euros da CDP mortgage para o seu próprio fundo.

Uma estimativa preliminar da economia de metano de 50% em relação ao estado atual foi calculada utilizando um software de simulação específico (economia estimada de 8.300 Sm3 de metano por ano).
Às economias de metano devem também acrescentar-se as economias de electricidade geradas pela instalação do sistema fotovoltaico de 11 kW. A partir do cálculo realizado, estimou-se uma produção anual de energia renovável de cerca de 13.677 kWh/ano, igual ao consumo elétrico da propriedade (a planta foi dimensionada para auto-consumo e, portanto, para minimizar o uso de energia introduzida na rede).
Toda a intervenção prevê uma redução de 75,25% nas necessidades mundiais de energia primária não renovável.

“Este é um verdadeiro investimento no futuro. Um trabalho importante com o qual reiteramos o valor da eco-sustentabilidade”, disse o prefeito Gabriel Toti – essas intervenções conseguir uma substancial economia de energia, reduzindo assim o impacto sobre o meio ambiente que nos rodeia. É uma escolha que segue o caminho de remodelação das instalações desportivas iniciado pela nossa administração municipal, mas é também uma mensagem que enviamos aos rapazes que o ginásio frequentam todos os dias. Contribuímos com escolhas e gestos diários para defender o nosso planeta”.
Os trabalhos deverão estar concluídos até ao final de dezembro de 2021.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *